Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Regime de Fruta Escolar

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Considerando que a mudança de comportamentos e hábitos é um processo progressivo, assinalamos o contributo do RFE para a adoção de hábitos de alimentação mais saudáveis desde a infância.

O RFE reveste-se duma maior importância se tivermos em consideração que Portugal está, neste momento, entre os países europeus com maior número de crianças com excesso de peso, de acordo com a Comissão Europeia. Dados da Organização Mundial de Saúde referem que uma em cada três crianças tem excesso de peso ou obesidade infantil. Esta epidemia é um dos principais problemas de saúde pública que urge combater, sob pena de conduzir à obesidade em idade adulta e aos inúmeros problemas de saúde a ela associados.

A inclusão de frutas e legumes na dieta alimentar na dieta alimentar pode desempenhar um papel importante no combate à obesidade. O consumo de frutas e legumes reduz a “densidade energética” da dieta e desempenha também um importante papel na proteção e combate às doenças cardíacas, cancro e diabetes.    

O RFE prevê a entrega de duas peças de fruta semanais (nomeadamente maçã, pera, clementina, tangerina, laranja, banana, cereja, uvas, ameixa, pêssego, tomate e cenoura) a todos os alunos do 1º ciclo do ensino básico, medida apoiada pelo Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, I.P. (IFAP). A autarquia decidiu alargar este regime às crianças da educação pré-escolar do concelho, comparticipando-o na totalidade.

 
Informações úteis:
 
 
Partilhar
ColorAdd Icone