Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Biblioteca Municipal com nova rubrica de cinema

20 Abril 2017
Jo o botelho 1 980 2500

JOÃO BOTELHO É O REALIZADOR EM DESTAQUE NO PRIMEIRO CICLO DE FILMES, QUE DECORRE DIAS 26 DE ABRIL, 10 E 24 DE MAIO

“Vamos ao cinema…?” O convite é da Biblioteca Municipal, que inicia uma nova rubrica na sua programação, com a apresentação de ciclos temáticos de cinema. João Botelho é o realizador em destaque nesta primeira sessão, que contará com a exibição de “Os Maias-Cenas da Vida Romântica”, no dia 26 de abril; “O Filme do Desassossego”, no dia 10 de maio e “Tráfico”, no dia 24.

A Biblioteca Municipal inicia uma nova rubrica na sua programação, com a apresentação de ciclos temáticos de cinema, através dos quais procura dar a conhecer melhor um universo cinematográfico ou uma realidade da história do cinema. Entre abril e maio, o retrato da sociedade portuguesa é traçado pelo realizador João Botelho, através de três obras, duas das quais adaptações de autores portugueses, como Fernando Pessoa e Eça de Queirós.

“Os Maias-Cenas da Vida Romântica” é apresentado no dia 26 de abril, pelas 14h00. Carlos da Maia é o último herdeiro da tradicional família portuguesa. Formado em medicina pela antiga Universidade de Coimbra, prefere gastar o seu tempo na companhia de amigos e amantes, junto ao seu grande colega João da Ega. Mas isso muda quando finalmente se apaixona.

Dia 10 de maio, estará em cena “O Filme do Desassossego”, pelas 14h30. A ação decorre em três dias e três noites, num quarto de uma casa na Rua dos Douradores, em Lisboa. Bernardo Soares, ajudante de guarda-livros, é um homem solitário e atormentado que vai anotando os seus pensamentos e angústias num livro, que intitula de "Livro do desassossego".

O último filme em exibição é “Tráfico”, no dia 24 de maio, também pelas 14h30. Uma família normal e friorenta, obrigada a passar férias fora de época por dificuldades económicas, é bafejada pela sorte. Jesus, assim se chama o filho do casal, encontra enterrado na areia da praia deserta, um tesouro escondido e proibido: a riqueza da Terra. No mesmo dia e não longe dali dois padres decidem fechar as portas da sua igreja por falta de crentes e fazem um leilão de imagens dos seus queridos Santos. Entre a riqueza dos céus e o espírito da matéria partem à aventura.

Destinado ao público em geral, o ciclo de concertos tem entrada livre, sujeita a marcação prévia através do e-mail biblioteca@cm-stirso.pt  ou do 252 833 428.

Partilhar
ColorAdd Icone